Novas Regras do PIS 2018

PIS 2018 Novas Regras

O PIS que antes era de acesso a muitos brasileiros, hoje possui limitações devido à novas regras do PIS para os trabalhadores brasileiros.

O Programa de Integração Social, conhecido por todos como PIS se manteve intacto por muito tempo desde a sua criação. Quase todos os brasileiros que trabalhavam em regime CLT podiam ter acesso ao beneficio proporcionado pelo governo brasileiro. No entanto, nos últimos anos o mesmo veio sofrendo algumas varrições, as quais conheceram hoje como novas regras do PIS.

novas-regras-pis

Antes, os colaboradores que trabalhavam pelo menos 30 dias durante cada ano, podiam ter acesso ao direito com o valor de um salário mínimo vigente, desde que este complete 5 anos de carteira assinada, sendo mínimo 30 dias por ano.

Diferente da nova regra do PIS 2018, antes os colaboradores não poderiam ultrapassar a renda anual de até dois salários mínimos por mês durante um ano. Caso ultrapassa-se em algum período dentro dos 5 anos o beneficio era automaticamente cortado, e o trabalhador continuava esperando até completar os 5 anos dentro destas exigências.

Dentro deste benefício, eram considerados e somados os valores que o mesmo recebeu durante o ano no seu holerite, onde se registra os ganhos do colaborador por parte de uma determinada empresa. Era sobre esse valor que o governo calculava se iria ganhar o beneficio no quinto ano ou não.

O que mudou com as novas regras do PIS 2018

Uma das principais mudanças que a nova regra do PIS 2018 contribuiu é o tempo de trabalho dos colaboradores. Os mesmos poderão desfrutar apenas do beneficio se trabalharem com carteira assinada no mínimo seis meses, com as devidas contribuições e registrados via CLT. Uma das diferenças que marcou esta nova regra do PIS 2018, é que as pessoas podem ter entre 1 e 2 salários mínimos, os quais devem ser recebidos mensais no holerite de seus ganhos.

Esta nova regra do PIS 2018 cabe até os trabalhadores que irão receber o beneficio correspondente ao ano 2014, pois é a partir daí que as pontuações vieram sofrendo alterações.

pis-novas-regras

Lembrando que estas novas regras são colocadas para diminuir gastos do governo, levando em consideração que as mesmas irão limitar a quantidade de pessoas que recebem o PIS atualmente, não há existência de prejuízos com a implantação da nova regra do PIS 2018, pois a tendência de pessoas que recebem o mesmo tendem a diminuir.

Não somente o PIS veio sofrendo alterações, podemos também mencionar as alterações feitas sobre a cobrança do INSS, o FGTS com sua novidade de saque, todas as mudanças foram estrategicamente pensadas pelo novo governo para reduzir gastos, movimentar a economia do país e incentivar as pessoas a gastarem mais, com menos dívidas por brasileiro.

Por tanto, será preciso que todos se adaptem e recalculem com quanto tempo poderão receber novamente o beneficio do PIS, pois desde 2014 as regras mudaram e a tendência é de que continuem mudando com o passar do tempo no país.