Abono Salarial 2018 Quem tem direito

Abono Salarial 2018 Quem tem direito
5 (100%) 3 votes

Quem tem direito ao Abono Salarial 2018

Sabe que é o abono salarial?  Este é um beneficio anual no valor de um salário mínimo e que tem benefício todos os trabalhadores inscritos no Programa PIS/PASEP há pelo menos cinco anos.  A seguir saiba os requisitos para quem tem direito ao abono salarial 2018 receber.

abono-salarial-2018-pis

O trabalhador que tem direito ao abono salarial 2018 é: ter recebido no ano base, no caso 2018 uma remuneração mensal média de até dois salários mínimos (soma das remunerações auferidas e informadas por um ou mais empregadores, incluindo férias e décimo terceiro salário) ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias corridos ou não durante o ano-base de referência; ter seus dados informados de forma correta na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base em questão.

E quem não tem direito ao abono salarial 2018? Quem não tem direito ao abono salarial são os empregados domésticos, trabalhadores urbanos ou rurais que são empregados por pessoa física, menores aprendizes e os diretores sem vínculo empregatício mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS.

Para receber o pagamento do Abono Salarial 2018 este será feito em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil que é definido de acordo com o calendário que é definido pelo Conselho deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.  O pagamento é feito baseado no mês de aniversário do beneficiado. No caso do trabalhador nascido em julho, o pagamento começa normalmente dia 13 de agosto; trabalhadores nascidos em agosto, o pagamento será dia 15 de agosto; nascidos em setembro, o pagamento será dia 20 de agosto; trabalhadores nascidos em outubro, o pagamento será dia 22 de agosto; nascidos em novembro, pagamento será dia 12 de setembro; nascidos em dezembro, o pagamento será dia 17 de setembro.

* As datas podem ter sido alteradas para o ano de 2018, portanto você deve conferir.

Lembrando que o abono salarial não pode ser recebido fora dessas datas, por isso, os interessados devem consultar o calendário de pagamento anualmente. Lembrando que este calendário é o mesmo do PIS/PASEP, por isso, o pagamento é feito ou pela Caixa Econômica ou pelo Banco do Brasil.

Para quem pretende requerer o abono salarial 2018, para fazer isso o órgão ou empresa no qual o trabalhador tem vínculo empregatício deve informar na data prevista através da Relação anual de informações sociais (RAIS) que informa as informações do trabalhador ao Ministério do Trabalho.

Lembrando novamente que o pagamento é feito por um calendário e é feito apenas no segundo semestre de cada ano. Por isso se tem dúvidas quanto a isso, consulte o site da Caixa ou Banco do Brasil que podem dar informações sobre este benefício.

PIS 2018 Valor – Saldo

PIS 2018 Valor – Saldo
5 (100%) 4 votes

Valor do PIS 2018

É trabalhador de carteira assinada? Com certeza deve saber o que é o
PIS (Programa de Integração Social). Se não sabe, está no momento de saber o que é, quais direitos o trabalhador tem e qual o valor do PIS 2018 que irá receber.

pis-2018-valor-saldo

O
PIS é um programa criado pelo Governo Federal e tem como finalidade promover a integração do empregado na vida e no desempenho das empresas. Junto com o PIS tem o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e os dois são conhecidos mais como PIS/PASEP, mas este último é destinado aos trabalhadores servidores que são regidos pelo Regime Jurídico estatutário federal e é um benefício administrado pelo Banco do Brasil. Enquanto isso, o PIS é administrado pela Caixa Econômica Federal e é destinado aos trabalhadores de empresas privadas regidas pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Quanto ao PIS assim como o PASEP é um número cadastrado (de onze dígitos decimais) que é feito através do Documento de Cadastro do NIS e cartão do CNPJ, sendo este último dá mais segurança ao FGTS e gerir o Programa de Integração Mas, vamos falar profundamente sobre o PIS.

Para ter acesso ao PIS é necessário o trabalhador tenha sido cadastrado pelo empregador no ato da admissão do trabalhador por meio do Documento de Cadastramento do NIS. Depois do seu cadastramento, o trabalhador recebe cartão contendo seu número de inscrição e este documento e dados permite que o trabalhador faça consulta e saques dos benefícios sociais a que o trabalhador tem direito. Esta consulta é feira pelo site da Caixa Econômica Federal, que administra o benefício principalmente no que diz respeito à inscrição, pagamento e deve armazenar os dados e valores a serem pagos ao trabalhador inscrito no PIS.

O PIS foi criado na década de 1970 para os empregados da iniciativa privada e que é fundo criado para integrar o trabalhador na vida e no desenvolvimento das empresas. Na verdade, é um programa de transferência de renda, possibilitando melhor distribuição de renda nacional, assim você terá direito a um saldo do PIS 2018 para sacar.

Por isso, se tem direito ao PIS 2018 é importante consultar o calendário de pagamento do PIS 2018 que é feio o pagamento a partir da data de nascimento do trabalhador. Por exemplo no calendário do ano anterior, o trabalhador que nasceu em julho, o pagamento será feito dia 13 de agosto; nasceu em agosto, o pagamento é feito a partir de 15 de agosto; em setembro, o pagamento será feito em 20 de agosto. O calendário PIS 2018 disponível para saber a data de pagamento você confere em: Calendário do PIS 2018.

PIS 2018 Quem tem direito

PIS 2018 Quem tem direito
5 (100%) 3 votes

Quem tem direito ao PIS 2018

O PIS é o chamado Programa de Integração Social e que foi criado em 1970 para beneficiar os empregados da iniciativa privada. Este é uma contribuição social de natureza tributária que é devido pelas pessoas jurídicas e tem o objetivo de financiar o seguro-desemprego, abono de participação na receita dos órgãos e também entidades para os trabalhadores públicos e provados. No caso dos trabalhadores públicos este benefício é o PASEP. Confira a seguir
quem tem direito de receber o PIS 2018.

pis-2018-quem-tem-direito

Como dito o PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e o PASEP destinado ao trabalhador do setor público. No caso do PIS há
critérios para receber o PIS 2018: aqueles matriculados no PIS há pelo menos cinco anos; trabalhadores que trabalham com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior; recebam em média dois salários mínimos por mês; também for informado pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Para quem não sabe como receber o PIS 2018 os trabalhadores que cumprem estes requisitos podem receber o PIS e estes podem receber a partir das datas definidas pela Caixa Econômica Federal. Para sacar o dinheiro, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal em uma das datas estabelecidas no calendário da Caixa e deve levar os seguintes documentos: documento de identificação, número de inscrição no PIS; algumas empresas tem convênio com o a Caixa e o PIS podem ser desta forma descontada na própria folha de pagamento.

O pagamento do PIS 2018 (também chamado de abono salarial 2018) geralmente pode ser feito pelas empresas em julho e setembro de cada ano. Quando não realizado pela empresa pode ser sacado nas agências da Caixa em agosto do ano vigente a julho do ano seguinte. Mas, deve-se verificar se o pagamento está disponível.

Agora, não tem inscrição no PIS quer saber como fazer?  Na sua primeira admissão de trabalho de carteira assinada, o trabalhador deve ser cadastrado junto a Caixa Econômica Federal; Esta obrigação de cadastrar o trabalhador é da empresa. Depois de fazer sua inscrição, a empresa recebe os comprovantes com o número de inscrição do PIS e um desses comprovantes é entregue ao trabalhador, que tendo o número do PIS em mãos e seu documento de identificação poderá sacar direto na Caixa (segundo calendário).  Mas, caso o trabalhador já tenha se inscrito anteriormente no PIS o trabalhador não deverá fazer novamente, o trabalhador deve indicar a sua inscrição antiga no PIS e não terá problemas. Mais informações sobre quem tem direito ao PIS 2018 consulte o site da Caixa.

Pis 2018 Tabela

Pis 2018 Tabela
5 (100%) 3 votes

Tabela PIS 2018

Você é trabalhador do setor privado?  No caso você tem direito ao PIS e às vezes nem sabe que tem esse direito. Vamos conhecer sobre este benefício e conferir a
tabela do PIS em 2018.

pis-2018-tabela

O PIS é o
Programa de Integração Social e que tem direito a este benefício são os trabalhadores da iniciativa privada. Ainda tem direito quem se cadastrou no PIS há pelo menos 5 anos; tenha recebido em média dois salários mínimos mensais no ano-base que for considerado para a atribuição do benefício; tem direito ainda quem tem trabalhado pelo menos por 30 dias considerados consecutivos ou não, por empregador contribuinte do PIS/PASEP.

Mas, há ainda os trabalhadores que não tem direito ao PIS 2018 são os trabalhadores urbanos vinculados o empregador pessoa física; trabalhadores rurais vinculados a empregador pessoa física; diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa ao qual esteja vinculado tenha optado pelo recolhimento do FGTS; menores aprendizes e empregadores domésticos.

O PIS 2018 é destinado das empresas privadas regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e que é um benefício administrado pela Caixa Econômica Federal. Outro benefício bem conhecido é o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e que neste caso é destinado aos trabalhadores servidores públicos e o beneficio é administrado pelo Banco do Brasil.

Se já tem inscrição no PIS, mas quer saber se consegue consultar o seu benefício e informações, saiba que é possível fazer várias consultas por meio da internet, inclusive a tabela de pagamento do PIS e futuramente do PIS 2018. A tabela de pagamentos, por exemplo, aponta quando será feito o pagamento e este é feito a partir da data de nascimento do trabalhador. No caso da tabela de pagamento do exercício 2018-2018, o pagamento dos nascidos em julho, o pagamento é feito a partir de 12 de agosto de 2018; os nascidos em agosto, o pagamento será feito a partir de 17 de agosto de 2018; nascidos em setembro, o pagamento será feito a partir de 21 de agosto de 2018; nascidos em outubro, pagamento é feito a partir de 23 de agosto; nascidos em novembro, o pagamento é feito a partir de 14 de setembro de 2018; nascidos em dezembro, o pagamento é a partir de 15 de setembro de 2018; nascidos em janeiro, pagamento é feito a partir de 18 de setembro de 2018; nascidos em fevereiro, pagamento feito a partir de 23 de setembro de 2018 e assim por diante. Pode-se acompanhar o pagamento e também outras informações sobre o PIS 2018 no site da Caixa Econômica Federal.

Tabela do PIS 2018

calendario-pis-2018

Abono Salarial 2018 – Tabela, Valor

Abono Salarial 2018 – Tabela, Valor
5 (100%) 4 votes

Tabela Abono Salarial 2018

Você já deve ter ouvido falar em
Abono salarial, não é mesmo?  Este é um benefício dado ao trabalhador que está inscrito no programa do PIS/PASEP e que se encaixam em algumas condições para poder receber o abono salarial 2018, veja a seguir quais são os requisitos.

abono-salarial-2018

Entre as condições para
receber o abono salarial 2018 estão: estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos; ter recebido no ano-base de referência uma remuneração média mensal de até dois salários mínimos; ter exercido atividade remunerada durante menos de 30 dias, corridos ou não, durante o ano-base de referência; ter seus dados pessoais corretamente  informado na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano base considerado.

Quem não tem direito ao abono salarial 2018? Os empregados domésticos, os trabalhadores urbanos ou rurais empregados por pessoais físicas; os menores aprendizes, os diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS.

O pagamento do abono salarial 2018 (PIS/PASEP) normalmente é feito de acordo com o mês de aniversário do trabalhador beneficiário, mas pode ser que o mês de pagamento não coincida com o mês de aniversário.

No caso está presente nestes sites o calendário de pagamento do abono salarial de 2018, quanto ao abono salarial de 2018 ainda não há informações quanto à data de pagamento e valores, pois ainda não foi publicado calendário e nem valores atualizados.

Quanto ao calendário de pagamento do Abono salarial 2018 é o calendário referente ao PIS/PASEP, sendo o PIS (Programa de Integração Social) é um benefício destinado aos funcionários de empresas privadas e o PASEP é destinado aos servidores públicos é são abonos salariais, ou seja, uma espécie de bônus salarial referente ao eu podemos dizer de lucro da empresa. Quanto ao pagamento destes benefícios em 2018 você encontra no site da CAIXA (PIS) ou Banco do Brasil (PASEP). No Caso o pagamento do PIS 2018 é feito da seguinte forma: os trabalhadores nascidos em julho, o pagamento começa dia 13 de agosto; trabalhadores nascidos em agosto, pagamento será dia 15 de agosto; trabalhadores nascidos em setembro, o pagamento será dia 20 de agosto; trabalhadores nascidos em outubro, o pagamento será em 22 de agosto; trabalhador nascido em novembro, pagamento será dia 12 de setembro; trabalhador nascido em dezembro, o pagamento será dia 17 de setembro.

Quanto ao PASEP, consulte o site do Banco do Brasil que segue mais ou menos o mesmo esquema do PIS, só confirme a data de acordo com seu mês de nascimento.

Quanto ao valor do PIS 2018, por exemplo, será o equivalente a um salário mínimo. Na dúvida, não deixe de consultar o site das instituições bancárias responsáveis.

PIS PASEP 2018 – Consulta, Tabela, Pagamento

PIS PASEP 2018 – Consulta, Tabela, Pagamento
5 (100%) 4 votes

Calendário PIS PASEP 2018

Estas siglas vocês já devem ter ouvido em algum lugar, mas não sabe exatamente o que significa? Vamos inicialmente saber o significado de cada sigla, do que se trata e quem tem direito a estes que são benefícios e um pouco da história destes benefícios na vida do trabalhador, além de conferir a
tabela do PIS PASEP 2018

pis-pasep-2018

A sigla
PIS significa Programa de Integração Social que junto com o PASEP o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público são conhecidos mais pelas suas siglas e são contribuições sociais de natureza tributária que são repassadas por pessoas jurídicas e cujo valor tem o objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores que tem direito a estes benefícios.

Tanto o PIS quanto o PASEP são benefícios que o trabalhador tem direito mediante inscrição através do Documento de Cadastro do Trabalhador (DCT) e cartão do CNPJ. O PIS é devido ao trabalhador aos funcionários de empresas privadas e regidos ela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e o PASEP 2018 é destinado aos trabalhadores servidores públicos que são regidos pelo Regime Jurídico estatutário federal e, neste caso, é administrado pelo Banco do Brasil. No caso do PIS 2018, este é administrado pela Caixa Econômica Federal.

Para quem precisa solicitar o PIS/PASEP 2018 este procedimento pode ser feito pela internet através do site da Previdência Social e tenha em mãos todos os seus documentos como carteira de Trabalho, CPF, documento de identidade, título de eleitor. Depois de sua inscrição, é gerado um número que deve ser bem guardado e se possível imprimir a página onde o número aparece, para que você possa fazer consulta futuramente. No caso do PASEP pode ser feito pelo site do Banco do Brasil pelo link http://www.bb.com.br/portalbb/page100,110,4551,11,0,1,3.bb. Neste link é apresentado calendário de pagamento do PASEP 2018 e a data de pagamento é de acordo com o fim do número de inscrição, sendo o final do pagamento feito até dia 30 de junho de 2018.  No caso do PASEP a inscrição é feito pela entidade que se dirigi ao Banco do Brasil e informar alguns dados como: razão social número de inscrição no CNPJ, endereço completo e data de início das atividades. Lembrando que o trabalhador deve ser inscrito apenas uma vez no PIS/PASEP e seu cadastro é obrigatório no ato de sua primeira admissão. No caso do PASEP a inscrição dos servidores deve acontecer no Banco do Brasil até dia 20 de janeiro do ano subsequente ao ingresso do servidor para que não haja atraso na contagem de tempo de cadastramento do servidor.

Mais informações não deixem de consultar o site da Caixa ou do Banco do Brasil ou da Previdência Social. Para ver a tabela do PIS PASEP 2018 acesse o seguinte link: Calendário PIS 2018.

PIS COFINS

PIS COFINS
5 (100%) 5 votes

PIS/COFINS o que é

Com certeza você já deve ter ouvido falar em PIS, mas e o que é o PIS COFINS?  Saiba a seguir o que é cada um deles e sua importância.

pis-cofins

O PIS é o Programa de Integração Social, mas é mais conhecido como
PIS/PASEP ou simplesmente PIS que é uma contribuição de natureza tributária que é devida a pessoa jurídica e cuja contribuição tem o objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego e do abono para os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos. O PIS quando começou a ser instituído tinha o objetivo de promover a integração do empregado na vida e desenvolvimento da empresa, visando melhor distribuição da renda. Este é devido ao trabalhador da iniciativa privada e que hoje não se sabe bem se é para a distribuição da renda, mas é um direito que o trabalhador da iniciativa privada tem direito.

Já o COFINS é a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social este já é uma contribuição federal também de natureza tributária que é incidente sobre a receita bruta das empresas em geral e esta receita é destinada a financiar a seguridade social. Esta alíquota incide em 7% para as empresas tributadas pelo lucro real e 3% sob os demais tipos de lucratividade. Esta contribuição tem como base de cálculo: o faturamento mensal ou o total de receitas da pessoa jurídica.

Existem ainda outros impostos que são devidos às empresas como o Imposto sobre Operações relativas À Circulação de mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e de Comunicação (ICMS) que é um imposto estadual.

O CONFINS é uma taxa tributária e de natureza cobrada sobre o valor bruto apresentado por uma empresa.  Este imposto visa financiar três pilares que visam prestar assistência ao cidadão brasileiro: Assistência Social, Previdência Social e Saúde Pública. Quem tem que pagar o CONFINS é as pessoas jurídicas, aquelas que respondem do mesmo modo pela legislação de impostos de renda e são isentas apenas as microempresas e empresas pequenas enquadradas no Simples Nacional. Também pagam CONFINS as empresas com produtos de exportação.

Esta taxa tributária do COFINS não é cumulativa e é cobrada de forma mensal, mas há empresas que funcionam pelo sistema de lucro presumido o que favorece que o COFINS seja cobrado de forma cumulativa (nestes casos). Desta forma, a contribuição do COFINS pode ser feita de duas maneiras de forma direta e mensal e também de forma cumulativa. O COFINS uma curiosidade é um dos tributos mais cobrado no Brasil atrás apenas do Imposto de Renda. Se bem que o Brasil é o país dos impostos.

PIS Consulta

PIS Consulta
5 (100%) 3 votes

Consultar PIS

O PIS é o Programa de Integração Social criado pelo Governo Federal que promove ao trabalhador do setor privado e que é mais conhecido como
PIS/PASEP e que são contribuições sociais de natureza tributária que financia o pagamento do Seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores públicos e privados, saiba a seguir como fazer  a consulta do PIS pela internet.

pis-consulta

No caso do
PIS este são diretamente destinados os trabalhadores do setor privado que são regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e que é um benefício administrado pela Caixa Econômica Federal. Já o PASEP é destinado aos trabalhadores do setor público.

Para ter acesso ao PIS o trabalhador precisa ser cadastrado pelo empregador no ato da sua admissão por meio do formulário o Documento de Cadastramento do NIS (DCN). Depois deste cadastramento, o empregado recebe um cartão contendo seu número de inscrição e através deste número permite fazer consulta de saldo do PIS e saques dos benefícios sociais até mesmo pelo sistema eletrônico da agência da Caixa mais próxima. A Caixa também oferece o serviço de inscrição e também o pagamento do benefício.

Mas, muita gente não sabe que tem direito ao PIS/PASEP e todo trabalhador tem direito ao fundo do PIS/PASEP e os trabalhadores cadastrados até 4/10/1988 tem direito aos rendimentos do PIS e estes rendimentos podem ser sacados de acordo com o calendário de pagamento que deve ser verificado no site da Caixa. Quando não houver saque disponível, o valor será incorporado ao saldo de quotas e renderá juros e demais acréscimos. Os rendimentos deverão ser sacados nas Agências da Caixa (pesquisa aquela mais próxima da sua casa ou local de trabalho).

Quanto aos rendimentos do PIS quem tem direito são aqueles trabalhadores que cadastrados no PIS/PASEP até 4 de outubro de 1988 e que tenha saldo no PIS. Os trabalhadores que receberam mais que dois salários mínimos em média e não tem direito ao abono, tem direito ao rendimento do PIS. Não tem direito ao PIS os trabalhadores que já efetuaram o saque total após 1988 ou foram cadastrados após 4/10/1988; também os trabalhadores que não possuem saldo e que consequentemente não terão direito a rendimentos, por isso é importante consultar o PIS para saber se tem saldo. Confira também: Calendário do PIS.

Para receber estes rendimentos, os trabalhadores que tem direito recebem por meio de crédito em conta, através de crédito em folha de pagamento no caso da empresa ter firmado convênio com a Caixa PIS-Empresa. Também se pode ter informações e sacar o PIS na Caixa mediante apresentação do número do PIS e documentos de identificação.

Você pode fazer a consulta do número do PIS e obter mais informações acessando o seguinte endereço: www.caixa.gov.br/Voce/Social/Beneficios/pis/index.asp.

Calendário PIS 2018

Calendário PIS 2018
5 (100%) 5 votes

PIS 2018 Calendário

Você sabe
o que é o PIS? Este é Programa de Integração Social criado pelo Governo Federal e que é devido ao trabalhador em especial aquele da iniciativa privada e que é um benefício administrado pela Caixa Econômica Federal, confira a seguir o calendário do PIS 2018 e saiba quando será o pagamento.

pis-2018

Quem é beneficiário do PIS 2018 é o trabalhador da iniciativa privada, mas, regido pelas
Leis de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Quem contribui com o PIS são as pessoas jurídicas de direito privado e que a legislação do PIS é equiparada a do Imposto de Renda e incluem as empresas prestadoras de serviço, empresas públicas e sociedades de economia mista e suas subsidiárias. Neste caso, excluem-se as microempresas e as empresas de pequeno porte subsidiadas pelo Simples Nacional.

No caso do trabalhador que não tem inscrição no PIS e quer fazer, como fazer seu cadastramento? Deve-se lembrar de que este é um direito do trabalhador e também ser um critério para o abono salarial. O cadastramento no PIS ainda permite a identificação no pagamento no FGTS e Seguro Desemprego e o cadastramento é feito pelo que a Caixa chama de Cadastro NIS através do Documento de cadastramento do NIS e se pode fazer inclusive pela internet pelo link www.caixa.gov.br/pj/pj_comercial/mp/pis/cadastro_nis_internet.asp. Mas, o representante ou procurador da empresa empregadora deve ainda comparecer a Agência de relacionamento com algumas documentações: cópia da identidade e CPF do usuário que acessará formulário FICUS/E preenchido e assinado; documentos relativos à constituição da empresa e do representante legal; cópia da procuração quando se tratar de cadastramento feito pelo procurador da empresa. A permissão para cadastramento do PIS pela empresa se concluirá em cinco dias uteis após a entrega da documentação na Agência da Caixa.

Agora se você já tem cadastro no PIS e quer saber quando receberá o pagamento devido deverá consultar sempre o calendário do PIS 2018, no caso o de 2018 ainda não está vigente, apenas o de 2018. Geralmente este calendário é liberado de dois anos, o atual vigente é o calendário PIS exercício 2018/2018 e o pagamento são feito de acordo com a data de nascimento. Por exemplo, os nascidos em julho deveriam receber a partir de 13 de agosto de 2018; os nascidos em agosto recebem a partir de 15 de agosto de 2018; os nascidos em setembro recebem a partir de 20 de agosto de 2018 e assim por diante.

Tendo dúvidas quanto ao pagamento do PIS 2018 ou outras dúvidas não deixe de consultar o site da Caixa Econômica administradora do cartão. Abaixo você confere o calendário de pagamento do PIS 2018.

Calendário do PIS 2018

calendario-pis-2018

PIS 2018 Calendário de Pagamento

PIS 2018 Calendário de Pagamento
5 (100%) 9 votes

Calendário de Pagamento do PIS 2018

Existe em todo o Brasil uma política de Assistência Social que move toda uma estrutura governamental que tem seu principal foco nas pessoas mais carentes. Isso se faz através de programas de distribuição de renda e outras iniciativas mais que visam diminuir a pobreza e alavancar a economia do país.

O PIS 2018 (Programa de Integração Social) é uma dessas iniciativas. E trata-se também de uma excelente forma de rentabilização para quem está numa determinada faixa de renda mensal durante o decorrer do ano. Isso porque, conforme veremos nesse artigo, é um benefício que se direciona a uma parcela específica da população, que atende a determinados critérios para sua maior compreensão, gostaríamos de lhe apresentar nesse post algumas informações importantes sobre o PIS e como ele chega aos cidadãos que realmente necessitam dele. Veja e tire suas dúvidas sobre o assunto!

pis-calendario

Diferença entre PIS e PASEP e formas de recebimento

Para melhor esclarecer sobre o PIS 2018, é interessante estabelecer qual a real diferença entre PIS e PASEP e quem tem direito a um e a outro. É bastante simples! O PIS é o programa que atende os trabalhadores da iniciativa privada. E o PASEP é o programa que atende os servidores públicos.

Os bancos que administram esses recursos e liberam os pagamentos aos trabalhadores são:

– Caixa Econômica Federal, para pagamento do PIS;

– Banco do Brasil, para pagamento do PASEP.

Para receber o benefício, os cidadãos que já possuem conta bancária nos referidos bancos (independente de ser corrente ou poupança) o recebem diretamente na conta, como crédito. E os que não possuem conta nesses bancos precisam se dirigir a uma agência bancária e solicitar o pagamento que, se estiver disponível, será pago no mesmo instante.

Mas como saber a data certa de recebimento do benefício do PIS em 2018, para não ir ao banco diversas vezes procurar informações? Para isso você pode se utilizar do calendário de pagamento, que iremos lhe apresentar agora!

Calendário de pagamento PIS 2018

A apreensão que tem tomado conta das pessoas se refere às mudanças que o Governo Federal fez no calendário de 2018, deixando para 2018 o pagamento que deveria ser feito no segundo semestre de 2018. Isso foi feito devido à crise econômica, que “arrochou” as contas do governo. E a expectativa, até o momento, é que os pagamentos de 2018 sejam feitos no segundo semestre, já que os do segundo semestre desse ano serão pagos no primeiro semestre de 2018. Mas ainda não há um calendário estipulado para isso. O que podemos lhe repassar é o calendário de pagamentos do exercício de 2018, uma parte dele transferido para 2018. Veja o calendário do PIS 2018:

Mês de Nascimento Receber a partir de Recebimento até
Julho 22/07/2018  

 

 

 

 

30/06/2018

Agosto 20/08/2018
Setembro 17/09/2018
Outubro 15/10/2018
Novembro 19/11/2018
Dezembro 17/12/2018
Janeiro 14/01/2018
Fevereiro 14/01/2018
Março 16/02/2018
Abril 16/02/2018
Maio 17/03/2018
Junho 17/03/2018

Um benefício para os trabalhadores

Somente as pessoas que conseguem comprovar determinado tempo de trabalho no exercício anterior têm direito ao PIS no exercício atual. Iremos lhe explicar sobre essas regras mais adiante. Mas gostaríamos de deixar claro que esse é um benefício exclusivo para os trabalhadores. Quem não teve um trabalho regulamentado, de carteira assinada ou exercício de cargo/ função no Poder Público, no decorrer do ano anterior não vai receber o PIS no atual.

pis-pagamento

A informalidade e contribuições à parte

Conforme disse, a pessoa, para ter direito ao PIS, deve ter comprovação de serviço como empregada no setor público ou privado. Quem trabalha na informalidade ou contribui com a previdência através de outros meios (Contribuinte Individual, MEI, Autônomo, Profissional Liberal, etc.) não tem direito ao PIS, mesmo que sua contribuição seja feita dentro dos parâmetros exigidos pelo programa.Portanto, se você não está enquadrado como empregado de empresa privada ou funcionário do Poder Público, não existe para você o benefício do PIS.

Quem tem direito ao PIS 2018?

Muita gente tem receio quanto aos critérios para receber o PIS em 2018 devido às mudanças feitas pelo Governo Federal, que tornaram mais rígidas as regras para a concessão do mesmo. Mas essas mudanças somente irão afetar os trabalhadores para o recebimento do PIS em 2017. Ou seja, para o próximo calendário, as regras vigentes ainda são as antigas. Se você não sabe quais são, vamos indicá-las para você agora!

1 – Estar cadastrado no PIS/ PASEP há pelo menos cinco anos;

2 – Ter trabalhado com registro em carteira por pelo 30 dias, consecutivos ou não;

3 – Ter recebido até dois salários mínimos no ano-base do calendário;

4 – Ter seus dados relacionados na RAIS, e que sejam enviados ao Ministério do Trabalho até o dia 20 de março.

Não deixe de receber o seu PIS 2018. Esteja atento a esse benefício que é um direito de todo o trabalhador e não perca essa oportunidade de injetar mais um salário nas suas finanças!

Calendário do PIS 2018

calendario-pis-2018

Valor do PIS 2018

valor-do-pis