Calendário PIS 2018

PIS 2018 Calendário

Você sabe o que é o PIS? Este é Programa de Integração Social criado pelo Governo Federal e que é devido ao trabalhador em especial aquele da iniciativa privada e que é um benefício administrado pela Caixa Econômica Federal, confira a seguir o calendário do PIS 2018 e saiba quando será o pagamento.

pis-2018

Calendário PIS-Pasep 2018

Dúvida muito recorrente entre os trabalhadores é sobre o pagamento do PIS 2018.

Terá direito ao abono salarial, quem recebeu, em geral, até 2 salários mínimos por mês, com carteira assinada, bem como realizou atividade remunerada por no mínimo 30 dias no ano de 2016 e 2017.

Começou o período de depósitos do abono salarial 2017 e 2018, especialmente para aqueles nascidos em setembro. É bom ressaltar que o PIS 2018 é pago a trabalhadores de empresas privadas e o Pasep 2018 para servidores públicos.

Abaixo veremos tudo sobre o PIS 2018, como funciona, tabelas, calendários, bem como outras informações bem importantes para que você não perca os prazos para saque do PIS 2018 e garanta mais um dinheiro na sua renda.

Quem pode receber o PIS 2018?

Quem é beneficiário do PIS 2018 é o trabalhador da iniciativa privada, mas, regido pelas Leis de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Quem contribui com o PIS são as pessoas jurídicas de direito privado e que a legislação do PIS é equiparada a do Imposto de Renda e incluem as empresas prestadoras de serviço, empresas públicas e sociedades de economia mista e suas subsidiárias. Neste caso, excluem-se as microempresas e as empresas de pequeno porte subsidiadas pelo Simples Nacional.

No caso do trabalhador que não tem inscrição no PIS e quer fazer, como fazer seu cadastramento? Deve-se lembrar de que este é um direito do trabalhador e também ser um critério para o abono salarial. O cadastramento no PIS ainda permite a identificação no pagamento no FGTS e Seguro Desemprego e o cadastramento é feito pelo que a Caixa chama de Cadastro NIS através do Documento de cadastramento do NIS e se pode fazer inclusive pela internet pelo link www.caixa.gov.br/pj/pj_comercial/mp/pis/cadastro_nis_internet.asp. Mas, o representante ou procurador da empresa empregadora deve ainda comparecer a Agência de relacionamento com algumas documentações: cópia da identidade e CPF do usuário que acessará formulário FICUS/E preenchido e assinado; documentos relativos à constituição da empresa e do representante legal; cópia da procuração quando se tratar de cadastramento feito pelo procurador da empresa. A permissão para cadastramento do PIS pela empresa se concluirá em cinco dias uteis após a entrega da documentação na Agência da Caixa.

calendario-pis

Tabela de Pagamento do PIS 2018

Agora se você já tem cadastro no PIS e quer saber quando receberá o pagamento devido deverá consultar sempre o calendário do PIS 2018, no caso o de 2018 ainda não está vigente, apenas o de 2018. Geralmente este calendário é liberado de dois anos, o atual vigente é o calendário PIS exercício 2018/2018 e o pagamento são feito de acordo com a data de nascimento. Por exemplo, os nascidos em julho deveriam receber a partir de 13 de agosto de 2018; os nascidos em agosto recebem a partir de 15 de agosto de 2018; os nascidos em setembro recebem a partir de 20 de agosto de 2018 e assim por diante.

Tendo dúvidas quanto ao pagamento do PIS 2018 ou outras dúvidas não deixe de consultar o site da Caixa Econômica administradora do cartão. Abaixo você confere o calendário de pagamento do PIS 2018.

Calendário do PIS 2018

calendario-pis-2018

Calendário PIS 2018 atrasado

Se você não sacou o PIS nos anos anteriores, o governo abrirá uma nova oportunidade, cujo prazo para saque do PIS é até o final de dezembro.

Não sabe se tem direito ao PIS? Acesse esse link e faça uma consulta sobre o PIS: https://verificasd.mtb.gov.br/abono/.

Se preferir, ligue para o telefone 158 da Central de Atendimento Alô Trabalho.

Tirou todas as suas dúvidas sobre o PIS 2018? Não se esqueça de verificar os prazos e se você tem direito ao PIS. Isso porque, como vimos, muitos trabalhadores esquecem-se desse benefício e acabam não retirando o dinheiro.

Em tempos de crise, qualquer ajuda financeira é bem-vinda para contribuir com o sustento da família.